Vale a pena comprar o primeiro imóvel em leilão? Entenda aqui!

Vale a pena comprar o primeiro imóvel em leilão? Entenda aqui!

Na busca por boas oportunidades no mercado imobiliário, não é difícil encontrar pessoas enfrentando situações inesperadas para conseguir comprar sua tão sonhada casa própria. Isso acontece quando alguém, sem muito conhecimento, busca pechinchas e pretende comprar o seu primeiro imóvel em leilão.

No entanto, será que essa forma de investimento realmente vale a pena? É possível encontrar uma residência a um valor inferior ao praticado no mercado? Será que comprar imóvel em leilão é para qualquer um?

Continue a leitura desse artigo e descubra as respostas para essas questões. Vamos começar?

Como funciona a compra de imóveis em leilão?

De maneira simples, um leilão é uma forma em que um determinado bem é oferecido a um público, sendo que a pessoa que ofertou o maior valor recebe o direito de comprá-lo.

No caso dos imóveis — apesar de existirem instituições públicas ou privadas que decidem vender suas propriedades dessa forma —, o mais comum é encontrar unidades originadas por uma ação de execução ou que foram retomados por uma instituição financeira.

Dessa forma, em muitos casos, o antigo dono do imóvel não está de acordo com a venda. O que pode resultar em grandes problemas aos compradores mais inexperientes.

Quais são as vantagens e desvantagens?

A maior vantagem de comprar um imóvel em leilão é a economia, pois existe a possibilidade de conseguir adquirir uma residência a um valor abaixo do que é praticado no mercado. Em alguns casos, o comprador consegue descontos de até 60%.

Outro benefício dessa modalidade de compra é a transparência. No edital, é possível encontrar todos os dados — que vão desde o lance mínimo, até a situação do bem. Dessa forma, não ocorre valorização da propriedade.

Por fim, o comprador tem a segurança de que, caso o leilão seja anulado ou impugnado, receberá todo o valor pago. Além de ter a garantia de que as negociações são respaldadas, na maioria dos casos, por grandes instituições financeiras ou Tribunais de Justiça.

Entretanto, nem tudo são flores. É bastante comum, após o arremate, o comprador receber um imóvel ocupado pelo antigo proprietário. Mesmo que o novo dono tenha o direito de pedir a desocupação, existe o risco de que o ocupante entre na justiça e demore anos para sair da propriedade.

Outro risco é comprar um imóvel que apresente inúmeras pendências judicias. Além de ter que enfrentar possíveis liminares que impeçam o despejo de ocupantes, é comum que o comprador tenha que liquidar impostos atrasados.

Quando vale a pena fazer esse investimento?

Existem muitos riscos envolvidos na compra de um imóvel em leilão. Dessa forma, esse tipo de aquisição é apenas vantajosa para pessoas que visam lucrar com o mercado imobiliário e que tenham uma certa estrutura para lidar com os possíveis obstáculos.

É comum que, apesar de serem ofertados milhares de imóveis, apenas 5% possuam a viabilidade necessária que permite a realização da compra. Por isso, para poder fazer o investimento com segurança, é necessário possuir uma equipe com bons advogados para analisar a documentação, e engenheiros para verificar problemas na construção.

Quais são os cuidados que deverão ser tomados?

Como a compra de um imóvel em leilão é algo que envolve muitos riscos, é necessário que alguns cuidados sejam tomados. Antes de pensar em fazer um lance, é necessário ler com bastante calma o edital.

É importante também contar com o apoio de um advogado especializado em mercado imobiliário. Será ele que informará se a compra do imóvel é viável, impedindo que ocorra prejuízos.

Caso tenha surgido o interesse em alguma propriedade, o ideal é sempre visita-la antes do leilão. Além de conhecer as reais condições do imóvel, será possível verificar se ele está ocupado.

Se você gostou das nossas dicas sobre como comprar um imóvel em leilão e gostaria de receber em primeira mão outros artigos como este, assine nossa newsletter. Até a próxima!

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ligamos para você