Como usar o FGTS inativo para comprar apartamento?

Como usar o FGTS inativo para comprar apartamento?

Realizar o sonho da casa própria através da aquisição de um apartamento, uma casa ou um terreno é um passo importantíssimo, e que pode gerar muitas dúvidas e questionamentos.

Sabemos que ter um imóvel próprio traz mais estabilidade e mais tranquilidade para a família, e é por isso que muitos se preocupam com esse investimento, e querem realizá-lo da melhor maneira possível para que não haja, imprevistos e que seja feito um bom negócio.

Para facilitar o processo, é possível usar o FGT inativo para comprar apartamento, e é sobre isso que falaremos hoje.

Antes de qualquer coisa, lembre-se: a organização financeira é fundamental para conseguir fazer um investimento mais assertivo e sem surpresas: além da entrada, é necessário se programar também para a documentação e outros possíveis custos ao longo do processo.

O que é o FGTS inativo?

Todo trabalhador contratado pelos parâmetros da CLT possui FGTS, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Esse valor é pago mensalmente e fica retido em contas ativas e inativas, para ser usado em momentos específicos.

As contas inativas de FGTS dizem respeito aos empregos anteriores, e não recebem mais depósitos. As contas ativas, por sua vez, são aquelas referentes aos empregos atuais, e que permanecem recebendo depósitos mensais. 

Como usar o FGTS inativo para comprar apartamento?

Como usar o FGTS inativo para comprar apartamento?

Muito se fala sobre usar o FGTS inativo para comprar apartamento. Apesar do FGTS ser um direito de todo trabalhador no regime CLT, o valor pode ser utilizado em algumas condições específicas, não podendo ser sacado a qualquer momento, para qualquer ocasião.

Para usar o FGTS inativo, é necessário:

  • ter, no mínimo, três anos de carteira assinada, mesmo que não seja por um período contínuo;
  • não ter outros financiamentos no próprio nome;
  • não possuir outra residência na mesma localidade;
  • estar em dia com as parcelas do financiamento.

Para aqueles cidadãos que possuem contas inativas e se enquadram nas regras de uso do FGTS inativo para adquirir um apartamento, essa pode ser uma excelente oportunidade: o valor pode ser usado, por exemplo, para pagar a entrada do imóvel, permitindo que a família tenha mais tranquilidade para dar esse grande passo.

Quais são as regras para usar o FGTS inativo na compra de um apartamento?

Usar o FGTS inativo na compra de um apartamento tem algumas regras. A primeira delas, por exemplo, é que a demissão das empresas de contas inativas tenha sido feita sem justa causa.

As regras mais comuns são:

  • pagamento da entrada do imóvel;
  • pagamento parcial ou total na compra ou construção;
  • redução do valor das parcelas;
  • quitação do saldo devedor.

Mesmo que o cidadão tenha usado o FGTS inativo para dar uma entrada no imóvel, é possível usar o novo saldo adquirido posteriormente, em alguns anos, para quitar algumas parcelas ou reduzir o valor das prestações seguintes.

Financiar um imóvel e finalmente conquistar a casa própria é um passo imenso para as famílias, e é preciso saber todas as particularidades desse processo para fazer um bom negócio, e não ter surpresas no futuro.Quer saber mais sobre a compra do primeiro imóvel? Confira nosso artigo IPTU de imóvel na planta: quem precisa pagar?

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ligamos para você