Acabamento de imóveis: o que precisa ser analisado ao comprar um apartamento?

Acabamento de imóveis: o que precisa ser analisado ao comprar um apartamento?

Quando estiver buscando por um apartamento para comprar, é fundamental analisar o acabamento dos imóveis. Esses detalhes precisam ser conferidos porque, além da beleza e da sofisticação do ambiente, também precisam ser usuais, garantirem o conforto da família e, claro, refletirem no valor agregado do que está sendo comprado.

É importante que você dê atenção a alguns detalhes que são importantíssimos e vão garantir não só a sua tranquilidade, mas também a sua segurança.

Vamos lá?!

1. Veja como o acabamento foi instalado

É preciso que você confira como o acabamento foi instalado no ambiente: mesmo que estejamos olhando para acabamentos de qualidade, avalie se tudo está devidamente alocado, se existem pontas soltas, ou se há o risco de se soltarem.

Um exemplo disso são os revestimentos de porcelanato. Para conferir a qualidade e a eficiência dessa instalação, dê algumas batidas com a mão no material. Caso surja um barulho oco, pode ser que a equipe de instalação não tenha utilizado argamassa suficiente para dar toda a estrutura necessária.

2. Confira a qualidade dos materiais utilizados

Nem todo material mais barato é, necessariamente, pior. É importante que seja analisada a qualidade de tudo o que foi usado e visualizar a sua procedência.

Veja quais revestimentos foram usados, converse com a construtora para saber quais foram os materiais e marcas escolhidos durante o processo de construção e acabamento e faça uma pesquisa.

Avalie detalhes como os pisos. São os revestimentos que, comumente, podem sofrer mais desgastes devido ao trânsito de pessoas dentro do ambiente. Por isso, eles precisam ser de boa qualidade.

3. Avalie quinas e rodapés

As quinas e rodapés comumente passam despercebidas durante uma avaliação, mas é necessário ficar de olho e conferir se a sua instalação foi feita adequadamente.

O rodapé, por exemplo, é responsável por proteger a parede de possíveis desgastes. As quinas, por sua vez, ajudam a proteger os revestimentos que foram instalados nas paredes, evitando que eles possam, possivelmente, sofrer algum impacto direto.

Para fazer essa análise, avalie como eles foram instalados: veja se os rodapés estão alinhados e se existe um possível excesso de massa nas quinas do imóvel.

4. Avalie a segurança

Durante a avaliação dos imóveis, é importante conferir também o funcionamento de itens de segurança, como trincos, fechaduras, janelas e portas do imóvel. Avalie também a altura do vidro das sacadas e varandas, por exemplo, chamado “guarda-corpo”. 

Além disso, pode ser interessante dar preferência para possíveis condomínios com interfones, câmeras e portarias 24h, aumentando a segurança e a tranquilidade da sua família.

5. Confira o revestimento de cada ambiente

Confira o revestimento de cada ambiente

É importante pontuar que cada ambiente deverá ter um tipo de revestimento adequado. Em áreas mais molhadas, como área de serviço, banheiro e cozinhas, por exemplo, o revestimento precisa ser capaz de suportar umidade e ter uma limpeza mais simples. É comumente utilizado o porcelanato ou cerâmica nesses locais.

No entanto, em alguns casos, o ambiente não estará completamente revestido, e isso não é necessariamente um problema. É fundamental que esse revestimento esteja nas áreas de maior contato com essa umidade, como paredes de pias e box do banheiro, por exemplo. 

6. Pisos, azulejos e paredes

Os revestimentos como pisos, azulejos e pintura das paredes precisam ser verificados com cuidado. 

Certifique-se de que os pisos e azulejos, por exemplo, estejam simétricos e bem colocados, principalmente nas chamadas regiões úmidas.

A pintura das paredes também precisa ser verificada, juntamente com as condições das janelas de cada um dos cômodos do apartamento.

Um detalhe que pode fazer a diferença é o uso de tintas laváveis nas paredes. Isso ajudará os moradores a garantirem uma rotina de limpeza muito mais simples e prática, ajudando na manutenção do ambiente.

É interessante conferir se os materiais que foram utilizados são de qualidade e, principalmente, se eles são fáceis de encontrar, caso haja necessidade de, no futuro, fazer algum reparo ou troca.

7. Confira a instalação elétrica

Além dos acabamentos propriamente ditos, as instalações também precisam ser conferidas. 

Verifique a localização das tomadas, principalmente naqueles cômodos de maior uso, como cozinha e sala. Confira também quais são as voltagens das tomadas. Pode ser um diferencial ter tomadas com mais de uma voltagem (110 e 220w).

Também é interessante verificar a caixa de luz. Caso você não tenha muito conhecimento do assunto, é interessante levar um eletricista de sua confiança para conferir a situação da caixa de luz e a instalação elétrica.

8. Confira a instalação hidráulica

Além das instalações elétricas, também é fundamental checar as instalações hidráulicas. Acione a descarga, veja se existem sinais de vazamento e infiltração, abra e feche o chuveiro e as torneiras e confira o sifão embaixo da pia e do tanque.

Todos os detalhes de acabamento dos imóveis precisam ser conferidos para que você tenha certeza de que está fazendo um bom negócio. Caso você não entenda sobre eletricidade ou queria a opinião de uma outra pessoa, sempre leve um profissional de confiança para se certificar de que tudo está dentro dos conformes, e você conquistará uma excelente oportunidade.

Está querendo sair do aluguel mas ainda precisa se organizar? Confira nosso artigo 10 dicas de mudanças nos hábitos financeiros para conquistar a casa própria.

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ligamos para você