Finanças do casal: 5 dicas para comprar um imóvel!

Finanças do casal: 5 dicas para comprar um imóvel!

Começar uma vida a dois pode ser um desafio para muitos casais, e comprar o primeiro imóvel juntos é sempre um grande passo. Para tanto, é preciso manter alguma estabilidade financeira e encontrar um imóvel que se encaixe no orçamento do casal.

Quer saber como comprar seu primeiro apartamento e melhorar suas finanças? Descubra aqui as principais dicas que um casal deve seguir para atingir esse sonho!

1. Faça um bom planejamento financeiro

Ter um planejamento financeiro organizado é o primeiro passo para quem quer comprar um imóvel próprio. Faça um levantamento detalhado dos dados financeiros do casal: quanto cada um ganha, quais são os gastos individuais e coletivos.

Dessa forma, vocês poderão analisar juntos todas as informações relacionadas às suas finanças, realizando as devidas adaptações do orçamento para a sua realidade.

2. Adapte-se à renda e às finanças do casal

Com todos os dados de renda e despesas da casa coletados, está na hora de partir para a ação! Corte os gastos desnecessários e troque alguns serviços por opções mais baratas.

Não se esqueça: o propósito é guardar recursos para comprar um novo apartamento, então economize onde e quando puder. É importante, também, deixar uma porcentagem da renda mensal para investimentos, a fim de fazer com que este montante renda mais no futuro e potencialize as finanças do casal.

3. Pense como um casal

Quando duas pessoas se unem, também passam a compartilhar seus gastos. Para economizar dinheiro para comprar um imóvel, é importante que os dois estejam engajados nesse projeto. Afinal, pouco adiantará se um membro do casal contiver cada centavo que puder, se o outro lado gasta desenfreadamente, certo?

Tenha uma conversa franca com seu cônjuge e estabeleça um teto para ser consumido, definindo as finalidades para as suas finanças mensalmente. Assim, você evitará desentendimentos com o parceiro. Também vale a pena evitar os gastos individuais com os recursos juntados pelos dois, pois isso adiará seus planos de conquistar a casa nova.

4. Aprenda a investir

Investimentos são uma ótima maneira de fazer com que seu dinheiro renda no final do mês. No entanto, entrar nesse universo não é algo para se fazer da noite para o dia: tal empreitada requer um bom conhecimento de mercado e economia. Por isso, vale a pena estudar sobre o mundo financeiro e ficar por dentro das aplicações vantajosas do momento.

Se o seu objetivo é economizar dinheiro com alta rentabilidade, você dificilmente estará disposto a arriscar alguma quantia sem ficar a par dos riscos das aplicações, certo? Procure aqueles investimentos de baixo risco e com média a alta rentabilidade. Os títulos públicos, por exemplo, são excelentes opções.

5. Seja franco em relação às suas dívidas

A vida a dois é consideravelmente distinta daquela que se leva quando solteiro. Por isso, é importante que os dois sejam sinceros em relação às dívidas que têm e sobre como pagá-las. Não se esqueça que vocês agora são um time!

Fingir que o débito que você criou não existe, ou tentar quitá-lo sem que o outro saiba pode ser uma atitude fatal para um bom planejamento a dois. A melhor saída é sempre ser franco com seu cônjuge: assim, ambos podem analisar a situação e fazer uma projeção real de como quitar uma eventual dívida, facilitando o momento da compra do primeiro imóvel.

Como você viu, a desatenção com as finanças do casal pode representar um grande obstáculo na vida a dois. Porém, com alguma boa vontade, é possível viver em harmonia e tranquilidade, conquistando, juntos, grandes objetivos em comum, como a compra do primeiro apartamento!

Agora que você já sabe como organizar a vida financeira do casal para comprar um apartamento, que tal continuar se informando sobre o assunto? Veja aqui outras dicas práticas de como comprar seu primeiro imóvel!

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ligamos para você